master mind mente mestra

“MASTER MIND”: união para construir o sucesso


MASTER MIND: lição primeira da Lei do Triunfo, de Napoleon Hill

 


Hoje o papo é sobre a importância de nos ligarmos às pessoas certas, reprogramando a nossa mente e mantendo o pensamento positivo para caminharmos, mais fortes e determinados (as), em direção aos nossos sonhos, objetivos e metas.

 

Veja: 3 passos para reprogramar crenças limitantes


JUNTOS VAMOS MAIS LONGE

 


 

Uma das sete crenças que nos conduzem ao sucesso, de acordo com Anthony Robbins, é a de que as pessoas são os nossos melhores recursos. E eu concordo plenamente com isso. Afinal, “Sozinhos vamos mais rápido. Juntos vamos mais longe.”

 

É importante ter senso de respeito e de reconhecimento por quem nos auxilia. Não há sucesso duradouro sem que se mantenha uma boa relação entre pessoas que trabalham juntas.

 

Além de tratar bem os nossos semelhantes e valorizá-los, Napoleon Hill sugere que estabeleçamos com eles o que chama de “Master Mind”, mente mestra. Essa, inclusive, é a primeira lição do seu livro “A Lei do Triunfo”.

 

Para Napoleon, o processo de conquista do sucesso se torna mais fácil quando, além de desenvolvermos uma personalidade agradável, aprendemos a delicada arte de nos aliarmos a outras pessoas para um determinado projeto, sem atritos e inveja.

 

Administradores de empresa, gerentes, líderes, militares, ou seja, todos os que dirigem pessoas devem reconhecer importância da união e cooperação em busca do êxito. Bem como, de que haja também, entre aqueles que coordena, harmonia e positividade.

 

“Se não acredita em cooperação, veja o que acontece com um vagão que perde uma roda”. Napoleon Hill

 

“MASTER MIND” E REPROGRAMAÇÃO MENTAL

 

 

Muitas vezes, quando algo não vai bem na nossa vida, seja referente a questões relacionadas ao trabalho ou pessoais, é comum que nos juntemos a outras pessoas para reclamar, nos queixar, nos comparar, focando no negativo, exatamente naquilo que não queremos. E, se focamos em algo, seja negativo ou positivo, acredite ou não, é mais disso que produziremos nas nossas vidas.

 

Não é muito melhor quando, diante dos desafios, mantemos a mente positiva, alegre e esperançosa de que, apesar de tudo, existem soluções e é nelas que iremos focar?

 

É claro que a nossa mente, com crenças limitantes que, muitas vezes, nem nos damos conta de que as temos, nos leva, sorrateiramente, para memórias desagradáveis, ou lembra da crise, de alguma ofensa que nos disseram, ou nos compara justo com pessoas que estão bem melhores do que a gente, entre outras “pegadinhas”. A tendência, claro, é manifestarmos sentimentos de tristeza, inveja, desilusão, ou seja, baixar mesmo o nosso padrão vibratório. Afinal, somos humanos, ou não?!!!

 

Mas, lembre-se, o nosso cérebro é um músculo, que precisa ser treinado constantemente. Se você já fez musculação sabe muito bem o que acontece quando paramos de malhar. Cai tudo!!! rsss

 

Manter a mente positiva e com um padrão elevado requer treino, persistência, estudo, dedicação e muito autoconhecimento. Por isso, um passo fundamental no crescimento profissional e pessoal é passar por um processo de coaching ou mentoring. Aproveita e clica AQUI para conhecer os meus programas.

 

Sabe aquele CANCELA, que sempre sugiro? É isso mesmo. Quando a mente nos apresenta memórias ou crenças que já decidimos liberar, damos o comando CANCELA e a redirecionamos para outro pensamento. Um pensamento mais agradável que, por consequência, nos levará a um sentimento melhor. E, com sentimentos melhores, elevando nossa vibração, nos reconectamos ao (s) nosso (s ) propósito (s), nos sentimos  motivamos a entrar em ação e continuar em direção a nossos objetivos, metas e sonhos.

 

Além disso, temos outras ferramentas para reprogramar crenças limitantes e nos tirar de padrões vibratórios baixos como a meditação, o ho’oponopono e o theta healing. 

 

Veja: Ho’oponopono: autocura e libertação emocional
Como começar a meditar em 5 passos simples

 

“VOCÊ É A MEDIDA DAS CINCO PESSOAS COM QUEM PASSA MAIS TEMPO”

 

 

Muitas vezes pessoas muito próximas possuem questões parecidas com as nossas. Nada melhor do que nos juntarmos a elas para criarmos uma mente mestra focados em objetivos comuns, de aprender e querer crescer.

 

“Pode-se criar um “Master Mind” por meio de uma aliança amistosa, num espírito de harmonia, entre duas ou mais pessoas”. Napoleon Hill

 

O “Master Mind” pode ser criado, por exemplo, por pessoas que tenham o objetivo comum de abrir um negócio, de estudar um determinado assunto, entre casais que tenham propósitos parecidos, e tantos outros exemplos.

 

Sempre lembrando do que Napoleon sugere e eu concordo completamente, da importância de trabalharmos os “pontos fracos da nossa personalidade”, como a inveja, desconfiança, espírito de vingança, egoísmo e a tendência para desejar colher onde ainda não se semeou. Pessoas negativas, infelizmente, atrapalham a boa condução de um grupo. Nesses casos, é deixar que ela siga o seu caminho, nos afastando.

 

Não é nossa responsabilidade mudar ninguém. O nosso compromisso é com a nossa transformação.

 

Esses, inclusive, são assuntos do próximo post.

 

Além disso, claro, foco no positivo, na solução, no que se pode fazer de melhor com o que já possui!

 

Então, escolha bem as pessoas com quem anda e, se possível, crie um grupo de “Master Mind” focado em um objetivo comum, cultivando a harmonia e o pensamento positivo.

 

Fez sentido para você? Lembre-se de curtir e compartilhar!

Clique AQUI para conhecer mais sobre os meus programas de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal!

Faça o que ama ou ame o que faz, seja feliz, volte sempre aqui e continue brilhando! 🌟 🌟

 

Renata Rocha 🌟

 

Veja também:

 

PROPÓSITO DE VIDA: 7 PASSOS PARA SE RECONECTAR COM O SEU

HO’OPONOPONO: AUTOCURA E LIBERTAÇÃO EMOCIONAL

COMO COMEÇAR A MEDITAR EM 5 PASSOS SIMPLES

CARREIRA: VOCÊ SE SENTE REALIZADO (A) PROFISSIONALMENTE?

 

EM PODCAST




 

Meditação guiada 01 – Afirmações para o dia a dia  AQUI.

Meditação com Ho’oponopono da manhã AQUI.

 

 

 


 

ATENÇÃO: A reprodução parcial ou total deste texto é protegida por Lei.
Para usar este texto entre em contato com a autora
.

 

 

 

 

 

 

 

Imagens sem direitos autorais: Pixabay

 

4148188

318 798

Comments

comments