A GRAMA DO VIZINHO É SEMPRE MAIS VERDE?

VOCÊ ESTÁ FOCANDO NO QUE JÁ POSSUI OU NO QUE AINDA NÃO CONQUISTOU?

 

Você sempre compara sua “grama” com a do vizinho? Está sempre com aquela sensação de que não faz nada certo porque sempre tem alguém que faz melhor?


Todos os dias temos a oportunidade de recomeçar. Sim, somos como uma folha de rascunho, nunca estamos completamente prontos.

Essa “ficha” demorou a cair para mim. Criei uma ideia ilusória de perfeição e, muitas, muitas vezes deixei de seguir caminhos por achar que ainda não era boa o suficiente.

Acontece a mesma coisa com você?

A verdade é que essa sensação de não estar pronto, de não ser bom o suficiente, não é de todo ruim. Penso até que, às vezes, pode ser boa quando, por exemplo, cria a ideia de que podemos sempre melhorar.



O problema surge quando não nos permitimos ser como somos e não aceitamos estar exatamente onde estamos. Quando o “não estar pronto” nos paralisa. Quando nunca estamos satisfeitos. Nunca somos ou temos o suficiente para sermos felizes.

Sabe aquela sensação de vazio que não passa? Não importa se algum aspecto de nossas vidas está indo bem. As coisas parecem não se encaixar.

A verdade é que olhamos tanto para o que está em falta que esquecemos de comemorar as pequenas conquistas. Os pequenos acontecimentos diários que, muitas vezes, poderiam ter se tornado a melhor parte do nosso dia, se estivéssemos minimamente presentes no agora.

Não precisamos preencher vazios que são como buracos sem fundo. Não há comida, compras, sexo, bebidas, fumo ou qualquer outra coisa que possa resolver essa sensação.

Fazer as pazes com o agora, vivê-lo e comemorá-lo tem sido um dos meus maiores desafios. Desafio diário e que requer paciência e perseverança.

Posso fazer uma sugestão? Comemore cada pequena vitória do seu dia. Cada flor que nasça no seu jardim, ainda que o do vizinho esteja mais vistoso e florido. Seja grato e  feliz com as pequenas coisas.

 

Faça o que tem que ser feito. Dê o seu melhor e realize tudo com amor, ainda que não saia “perfeito”. Esqueça o julgamento do outro, esqueça o medo de errar e se permita pequenos desvios, porque ninguém é de ferro.

 

Tire aquele projeto guardado na gaveta do “ um dia quando” e o lance para o universo, ainda que não esteja completamente pronto e perfeito.

 

Um dos objetivos do processo de coaching, inclusive, é encontrar estratégias e criar o plano de ação necessário para que possamos entrar em ação e continuar firmes na direção dos nossos sonhos e metas. 


Seja o que for, comece o quanto antes. Comece a dar o primeiro passo agora, seja lá o que venha depois. Sinta o sabor do desconhecido e seja você no seu melhor.


Fez sentido para você? Lembre-se de curtir e compartilhar. 

 

 Faça o que ama ou ame o que faz, seja feliz, volte sempre aqui e continue brilhando! 🌟

 

Você não está sozinho (a), conte com minha ajuda!

Fez sentido para você? CURTA E COMPARTILHE.

Assine minha lista e receba conteúdos exclusivos no seu e-mail ou no celular!

Faça o que ama ou ame o que faz, seja feliz, volte sempre aqui e continue brilhando! 

 Namastê!

 

Renata Rocha

 

 

Comments

comments